Millydielle's Blog

8 de julho de 2013

Como evitar os sete pecados que atrapalham o seu relacionamento

Filed under: Relacionamento e Namoro — by milly_JF @ 22:05

Especialistas mostram como evitar as ciladas de atitudes negativas e dizem qual é a melhor maneira de usá-las a seu favor para fazer o relacionamento deslanchar.

Quem nunca teve um ataque de ira com o parceiro? E quem, mesmo sabendo do seu erro, preferiu apostar no orgulho e não pedir desculpas ao gato? Afinal, os sete pecados capitais fazem parte do nosso dia a dia e dos relacionamentos também.

É normal que as atitudes negativas comecem a aparecer com o passar dos anos de uma relação. Mas elas precisam ser controladas – caso contrário, o amor não resiste. Como pecar vem do grego e significa “errar o alvo”, aproveite nossas dicas para mirar sua seta no ponto certo.

1. Ira
Situação: aparece num ataque de fúria motivado por atitudes que vão desde deixar a tampa do vaso sanitário aberta até a traição. Um ataque é sempre desastroso.

Controle: se for você quem estiver irritada, sente-se e tente controlar a respiração. Isso evita tomar atitudes das quais pode se arrepender depois. Mas se é ele quem está bravo, ouça-o e não aumente o seu tom de voz.

O lado bom: a discussão é uma forma de conhecer melhor o seu parceiro e tornar o relacionamento mais real. A parte boa é fazer as pazes. Sexo depois de uma briga é bem gostoso, não é mesmo?

2. Gula

Situação: podemos definir uma relação gulosa como aquela em que os parceiros vivem sem liberdade. Por exemplo: pedir para o gato ligar todos os dias no mesmo horário sem levar em conta reuniões de trabalho, encontro com os amigos ou falta de tempo.

Controle: aprenda a dividir seu parceiro com o resto do mundo. Nada de insegurança – se ontem ele ligou às 12 h e hoje o telefone não tocou, não quer dizer que ele não a ame ou um sinal de traição.

O lado bom: a gula espontânea é legal. Não há problema em mandar uma mensagem de surpresa dizendo que o ama. Só não vale ficar esperando a resposta.

3. Soberba

Situação: você tem certeza de que estava errada. O gato está triste e, mesmo assim, você não pede desculpas. Então, saiba: isso é soberba, o mesmo que orgulho.

Controle: se você não quiser perder o bonitão para sempre, aprenda a se redimir. Fazendo isso, estará demonstrando o quanto se importa com o amor de vocês. Mas se foi ele quem pisou na bola, nem pense em se desculpar por ele apenas para acabar com o problema. Isso não ajuda a relação!

O lado bom: você vai amadurecer com essa situação. Se pedir perdão é algo que realmente a desagrada, evite cometer o mesmo erro para não ter que voltar atrás novamente.

4. Preguiça

Situação: no começo do namoro, os dois têm disposição de sobra para ir a baladas, shows, restaurantes. Com o passar do tempo, a rotina chega com força total e o DVD com pipoca fica cada vez mais comum. Isso torna o relacionamento preguiçoso e desanimado demais, não é?

Controle: tome a iniciativa e proponha passeios, restaurantes, aventuras na cama e viagens. Isso renova o relacionamento.

O lado bom: reconheça quando vocês estão cansados e sem ânimo para fazer nada. Quando é assim, curta uma preguicinha dormindo até mais tarde no domingo, sem fazer planos.

5. Inveja

Situação: aqui a inveja significa desejar que o parceiro não seja como você. Quer um exemplo? Ter uma posição mais legal no trabalho a faz sentir-se superior – e, se o maridão ou namorado evoluir, você perderá o posto, ficando inconformada.

Controle: não seja egoísta. Defina uma meta junto com o amado e unam forças para alcançá-la. Você verá como crescerão em parceria.

O lado bom: sentir inveja não é legal. Proponha uma transformação poderosa, capaz de levar os dois ao sucesso. Isso inclui repaginar o visual, fazer um curso interessante ou até mesmo aumentar a frequência com que vocês transam.

6. Avareza

Situação: você tem medo de dizer o que sente? Prefere economizar palavras e gestos porque não quer mostrar ao parceiro que está completamente entregue à paixão? Pois saiba que é assim que a avareza se manifesta.

Controle: que insegurança é essa, menina? Confie mais no seu parceiro. Se você tem realmente certeza de que ele é o homem da sua vida, entregue-se sem medo.

O lado bom: ser econômica nas palavras, sem exagero, mantém um toque de mistério, o que atiça cada vez mais a curiosidade do companheiro e a vontade de seduzi-la sempre.

7. Luxúria

Situação: está relacionada ao sexo. Normalmente, os casais luxuriosos são insaciáveis na cama e buscam sempre inovações, como o sexo a três. O problema é quando isso não é decidido em comum acordo.

Controle: para que vocês possam realizar todas as fantasias que desejam com tranquilidade, segurança e prazer, você e seu parceiro terão de conversar muito sobre esse assunto, deixar todos os pontos esclarecidos e, principalmente, respeitar a opinião do outro, sem forçar a barra.

O lado bom: a dinâmica sexual é sempre bem-vinda para impedir que o relacionamento caia na rotina.

Anúncios

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: